Nunca fui daquelas crianças loucas por conhecer a Disney. Assisti a maioria dos filmes, era encantada e colecionava papel de carta das princesas preferidas, mas ir aos parques nunca foi um sonho. Nunca foi um sonho até eu ir para Orlando em 2014, conhecer e me aventurar nos parques da Universal, Sea World e Busch Gardens. É isso mesmo. Minha primeira vez em Orlando não teve Disney. Minhas companhias eram adultos muito radicais, nada “menininha”. Ninguém animou de conhecer a Disney. Apesar disso, foi tudo uma maravilha. Afinal, minha referência de parque de diversão era bem precária. Mas depois de muitos blogs e de tanta gente (entenda-se: adultos, casados, pais/mães e freqüentadores do mundo dos sonhos) falando “como você não foi à Disney?!”, coloquei na minha cabeça que eu iria voltar nos EUA, nem que fosse só mais uma vez, apenas pra ir ao Magic Kingdom. Graças a Deus, o sonho não demorou a se realizar.

    Em maio desse ano tive a oportunidade de voltar e conhecer não só o Magic Kingdon, mas todos os parques da Disney. =D O que eu disser, ou qualquer um disser, não será suficiente para descrever o quão encantador são os parques. Sim, é caro. Mas vale cada dolarzinho investido. É tudo tão lindo, perfeito, fofo, encantador. Não se emocionar é impossível. (Reparem na cara de choro no momento em que peguei o cartão de acesso aos parques. Ela se repetiu em vááááários momentos.)

     Sabe o tão falado show de encerramento do Magic Kingdon? É de tremer as pernas. Não teve uma pessoa do meu grupo que não se emocionou. Só essa apresentação já vale todo o valor pago no ingresso. É imperdível!

     Gostei de todos os parques da Disney. Todos mesmo. E não tiro nenhum da lista quando voltar lá. Também não tiraria da minha lista a “promessa” de comer uma gostosura em cada parque. Gente… é tanta coisa gostosa. Fiz a louca do picolé e do sorvete. Experimentei vários sabores e formatos. Não deixem de provar! Também vale a uma visitinha nas lojas, e não são poucas, de souvenirs dos parques. Os preços não são lá muito convidativos – ainda menos convidativos se convertermos em real – mas comprar um lápis, que seja, ou uma balinha em formato de Mickey faz parte do show. Uma dica para as fascinadas pela pulseira da Pandora: em todos os parques há uma loja da marca, com pulseira e berloques exclusivos, uma lembrança e tanto da sua viagem a Disney.

    Apesar de todo o fascínio da Disney, não deixem de ir aos parques da Universal. São divertidíssimos. Eu achava que indo pela segunda vez não teria tanta graça, mas estava enganada. Foi ainda mais maravilhoso.

    O Sea World é legal. As apresentações da Orca Shamu e dos golfinhos são lindas e também emocionam. Mas para mim é parque de uma vez só. Viu uma vez, está visto. E as montanhas-russas de lá me deixam muito enjoada. Talvez seja mais encantador para as crianças ou para quem tem fascínio pela vida marinha.

  O Busch Gardens é parque de nenhuma vez. Kkkkk Montanhas-russas e mais montanhas-russas. Tem algumas que são legais, mas só recomendo adquirir o ingresso quem acha montanha-russa o brinquedo mais maneiro de um parque. Na primeira vez que fui, andei em todas. Quase tive um infarto em algumas, mas fui. Afinal, não sabia se um dia voltaria lá. Voltei rápido demais. E na segunda visita já dei uma selecionada. Fui só nas legais (legais = não radicais).  

   Agora a parte que não é o foco, mas todo mundo quer saber: as compras. Dessa última vez o dólar estava muito alto, cheguei a pagar R$3,20, e muita gente estava dizendo que não estava valendo a pena comprar por lá. Não vi eletrônicos, mas quanto a roupas adulto e infantil, maquiagem, cosméticos, posso afirmar que continua sim valendo muito a pena.

  Deixo a dica de visita ao Outlet Lake Buena Vista Factory. É muito mais tranquilo do que os Premium e tem boas lojas. Descobrimos também um shopping que fica ao lado do WonderWorks (a casa cabeça para baixo na Internacional Drive). Por lá tem muitas lojas (Tommy, Victoria Secrets, CK, etc) com super descontos. É meio que um outlet, sem todo o burburinho dos centros já conhecidos.

  Relato extenso, né!? É que é impossível contar as sensações e experiências em poucas palavras. Mas se fosse para resumir eu diria: Vá! Você não irá se arrepender. Serão os dias mais inesquecíveis de sua vida!!!

Anúncios

Diário da Suyana (2015)